the Sugar Loaf

Porque Deve Visitar o Brasil

Visitar o Brasil, pelo menos uma vez na vida, deveria ser um objetivo turístico para os portugueses. O “país irmão” tem tantos motivos de interesse, à escala da sua dimensão geográfica e humana, que é difícil não encontrar algo que nos leve até lá. Vejamos algumas das principais razões para visitar o Brasil.

Rio de Janeiro

A “Cidade Maravilhosa” justifica, por si só, uma visita. O calçadão da praia de Copacabana, o fasthe Sugar Loafcínio da “garota de Ipanema”, o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor são pontos de interesse turístico de nível mundial. Depois há a vida noturna do bairro da Lapa, o modernismo arquitetónico da catedral de S. Sebastião ou da vizinha cidade de Niterói e até uma viagem ao mundo das favelas, também já aberto ao turismo. Além disso, em Fevereiro (ou Março) “tem Carnaval”.

O clima

Como já falámos anteriormente, qualquer que seja a época do ano, é muito provável que o clima tropical lhe ofereça temperaturas agradáveis. Porém, se voar até Porto Alegre em junho ou julho, prepare-se para vestir um casaco, pois o inverno no Sul é um pouco mais frio.

A diversidade turística

O Brasil é muito mais que praias, Carnaval, Nordeste e Rio de Janeiro. É possível ir a Salvador e ver como as culturas europeias e africanas se fundiram numa cidade cujo centro histórico é tão português – como acontece em Ouro Preto ou Paraty. No Maranhão, as dunas formam um autêntico deserto, os Lençóis Maranhenses, desconhecidos do turismo internacional. O turista pode ir até Manaus e descobrir a Amazónia profunda, ou voar até S. Paulo e descobrir uma metrópole dinâmica e vibrante, com 18 milhões de habitantes.

Os Brasileiros

Um turista anónimo disse um dia que um português que tivesse vontade de viajar e viver a experiência de estar verdadeiramente num país estrangeiro deveria evitar o Brasil. A língua, a gastronomia, as referências culturais e históricas mais antigas e a natural hospitalidade dos brasileiros fazem com que os portugueses praticamente se sintam em casa. Como escreveu Eça de Queirós, o brasileiro é um português desabrochado sob o sol dos trópicos.

ADD YOUR COMMENT